Como deve ser o cocho para gado de corte?

É comum observar alguns pecuaristas que ainda não fazem uso do cocho para gado de corte por não saber como construí-lo e nem quais são os melhores materiais para utilizar. Mas, como na pecuária todos os detalhes importam, vale a pena investir um pouco a mais para ter um retorno significativo na produção do seu rebanho. 

 

Independente do sistema de confinamento utilizado, o gado precisa ser suplementado. Como qualquer outro elemento relacionado ao manejo da alimentação dos bovinos, o cocho merece atenção, pois é nele que a suplementação será servida. 

 

Saiba quais são os principais cuidados que devem ser tomados e tire todas as suas dúvidas sobre o tema ao longo deste artigo!

 

Como construir um cocho da maneira correta

 

Ter um cocho adequado para o rebanho é uma maneira de otimizar o trabalho de criação e alcançar melhores resultados. Porém, alguns pontos precisam ser levados em consideração na hora da construção. Primeiro, estude os modelos a fim de otimizar a operação e os processos de logística do seu espaço.

 

Evite posicionar o cocho em locais que fiquem alagados e com formação de lama. Sobre a localização, ainda é recomendado manter uma distância de pelo menos 15 metros da cerca até o cocho. 

 

A altura também é importante. O cocho em locais em que bezerros se alimentam precisa ter aproximadamente 40 cm de altura. Pastos em que estão os animais em crescimento podem ter cochos com 70 cm de altura. Já onde estão animais adultos para engorda, a instalação deve ser feita a cerca de 1 m do chão. 

 

Já na hora de definir o tamanho é preciso que o pecuarista use a matemática. Os gados vivem em grupos e se alimentam juntos, então, um espaço muito apertado pode gerar brigas e comportamentos negativos. 

 

Por isso, a base do cálculo para evitar erros é considerar o tipo de suplementação e a quantidade de animais que será suplementada. Em média, o recomendado costuma ser:

 

  • Sal mineral — 5 cm/animal; 

  • Proteinado de baixo consumo — 15cm/animal; 

  • Protéico energético — 25 cm/animal; 

  • Ração de semiconfinamento — 30 a 40 cm/animal 

  • Confinamento — 30 a 40cm/animal.

 

Vantagens e desvantagens dos materiais indicados

 

O material mais tradicional é a madeira, porém diversos outros materiais podem ser utilizados para a confecção, como pneus, plástico, concreto, aço etc. Cada um deles apresenta vantagens e desvantagens. 

 

Os cochos de madeira são excelentes, porém tem um alto custo e não costumam ser fáceis de limpar. Por outro lado, os de concreto costumam ser baratos, duráveis e de fácil limpeza. Barris de plástico reaproveitados se tornaram uma opção popular de cocho e são uma boa escolha. A escolha depende do que você procura. 

 

Vale ainda ressaltar algumas observações. Os cochos de aço não são indicados para suplementos com minerais, pois o sal pode corroer o cocho. Pneus também não são indicados como cocho para alimentos, pois soltam pequenos arames que podem ferir os bovinos. Por outro lado, eles são uma opção interessante para confeccionar a cobertura dos cochos, especialmente pneus grandes utilizados na mineração ou como rodas de tratores.

 

Importância dos cuidados com o cocho para gado de corte

 

Já sabemos que os cochos para gado de corte devem ser colocados em locais estratégicos do pasto para contribuir para um bom abastecimento. Entretanto, é essencial manter uma rotina de inspeção na área. 

 

Uma pessoa treinada para essa função irá avaliar as condições dos cochos, acompanhar se há seca ou excesso de água, se estão com a suplementação condizente para cada animal, analisar as variações climáticas entre outros cuidados. Essa rotina com os cochos faz parte do manejo adequado recomendado ao pecuarista ou criadores de gado.

 

Deseja se tornar um expert no assunto e aprender técnicas modernas de manejo para alcançar a máxima eficiência na produção animal e atingir altos rendimentos? Clique aqui e conheça o Curso de Manejo Nutricional de Gado de Corte (Alimentos e Alimentação) que vai melhorar o seu rendimento!


Fontes: Rehagro Blog, Nutrição e Saúde Animal, Blog Premix,

Artigos

Bovinos

Bovinos de Corte

Destaques

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2022 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.