Como montar uma farmácia na fazenda: o que não pode faltar

Como montar uma farmácia na fazenda o que não pode faltarMontar uma farmácia na fazenda começa bem antes de apenas adquirir os medicamentos. A farmácia veterinária faz parte da gestão agropecuária, portanto é preciso ter um programa sanitário que faça um rastreio minucioso das ocorrências da propriedade. Esta é uma forma de facilitar a checagem do que é necessário ter na enfermaria do rebanho. 

Com todas as informações em mãos, o pecuarista pode decidir em que local irá montar a farmácia. O mais indicado é que seja próximo às instalações de manejo dos animais. O ambiente também deve ser fresco, protegido contra luz e umidade, limpo e longe de fontes de calor. Outra recomendação é ter uma farmácia central e outra menor, assim o atendimento ao rebanho pode ser feito mais rápido.

Se você é agricultor, produtor ou trabalhador rural e tem dúvidas sobre montar uma boa farmácia veterinária na sua fazenda, este texto é para você. Confira todas as dicas abaixo!

A importância de ter medicamentos na fazenda

Um produtor depende da boa saúde dos animais para obter o retorno econômico desejado e evitar grandes perdas. A melhor forma de garantir isso é fazendo com que doenças fiquem bem longe do rebanho. Por isso, é necessário ter em mãos um manejo sanitário bom, com o uso de medicamentos para controlar ou prevenir enfermidades, oferecer primeiros socorros, evitar surtos e até mesmo morte. 

Pensando nessa atividade como um todo, é fundamental saber montar a sua farmácia veterinária na fazenda e ter os medicamentos corretos. O mesmo acontece com as vacinas. Para além de apenas seguir o calendário de vacinação, deve-se fazer um planejamento, verificar a qualidade das vacinas e prezar sempre pelo local de armazenamento das mesmas. A propriedade deve estar devidamente adequada para que a equipe proceda com a imunização e mantenha os remédios em boa infraestrutura.

O que não pode faltar na sua farmácia veterinária?

Infelizmente não é difícil encontrar animais que vão a óbito por falta de primeiros socorros. Em fazendas com cavalos e bovinos este problema é ainda mais recorrente. Para ajudar os produtores rurais com este tipo de perda, listamos alguns medicamentos que não podem faltar na hora de montar a sua farmácia veterinária.

São eles: antibióticos, anti-inflamatórios, antiparasitários (vermífugos ou os endectocidas, que são as ivermectinas), matabicheira, pomadas, principalmente para uso terapêutico, produtos para tratamento de cascos, mosquicidas, carrapaticidas, suplementos vitamínicos e minerais e, por fim, antitóxicos.

Já comentamos algumas doenças que mais atacam o rebanho {inserir o link aqui}, por isso, além dos medicamentos na fazenda, é interessante ter curativos, tintura de iodo 10%, e, principalmente, um jogo de agulhas e seringas veterinárias. 

Qual a melhor forma de fazer o armazenamento dos remédios?

Além de se atentar na escolha de um ambiente fresco, protegido contra luz e umidade, limpo e longe de fontes de calor, outro ponto importante é manter os produtos separados por categoria. Divida para cada prateleira, uma classe de medicamento. O armazenamento de inseticida e ivermectina junto com os medicamentos, por exemplo, causa interferência. 

Outras dicas fundamentais para o produtor é observar o prazo de validade e fazer o descarte correto dos produtos utilizados. Quando for injetável, por exemplo, procure verificar se ele está com aspecto turvo fora do normal ou se espuma quando balança. Esta situação pode indicar que o produto já está estragado. Para o descarte, siga corretamente certos procedimentos, evitando jogar utensílios e frascos no piquete ou no curral. 

Por fim, controle o estoque para evitar desperdícios. Seguir as orientações da bula também é fundamental para o sucesso da farmácia. Além do prejuízo de perder o medicamento ou vacinas compradas, o maior deles é perder animais ou um rebanho inteiro, por uma questão de mau armazenamento. 

Saiba usar sua farmácia com segurança

Vimos quais são os principais medicamentos e as melhores formas de armazená-los, mas tão importante quanto isso é saber quando usar com segurança. É recomendável que haja um profissional dentro da fazenda que tenha capacitação e esteja apto para exercer essa função. Se você quer ser um, conheça o nosso Curso de primeiros socorros em bovinos e saiba lidar com vários tipos de situação na sua fazenda. 

Fontes: Giro do Boi; Vencofarma; Rural Pecuária e Arames Belgo

Áreas

Artigos

Destaques

Pecuária

Saude animal

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2021 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.