Como realizar o casqueamento em touros

Como realizar o casqueamento em tourosO casqueamento de touros é uma forma de manter a manutenção da saúde do animal para reprodução no futuro, pois ele tem como objetivo prevenir doenças que atingem os cascos em animais estabulados e também mantidos em piquetes. Além das enfermidades, o estresse causado por elas também pode influenciar negativamente na reprodução.

O desenvolvimento corporal, a funcionalidade e a saúde, relacionada à longevidade, com cascos saudáveis e aprumos corretos para um bom salto do touro na hora de cobrir as fêmeas, estão entre os três pilares importantes para a reprodução. 

O casqueamento em touros é um serviço valorizado, mas a mão de obra ainda é escassa. Por isso, se o seu objetivo é conhecer mais sobre essa área profissional, continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre como e porque realizar o casqueamento.

Como fazer o casqueamento em touros

Os touros possuem grande importância na pecuária de corte nacional, tanto pelo seu efetivo tanto pelo que representa na fertilidade e direcionamento genético dos rebanhos. Para realizar o casqueamento em touros de forma correta, o casqueador precisa de diversas ferramentas muito bem afiadas e em bom estado de conservação. 

Casquear nada mais é que aparar os cascos dos animais em diversas partes, conforme as alterações de crescimento verificadas. Mas, por outro lado, esse trabalho também depende de uma contenção do animal que deve ser muito bem feita. 

O casqueamento é feito em etapas e inicia-se com a unha de dentro do membro posterior. Depois, apare a unha de fora (membros posteriores), deixando-a do mesmo tamanho. Dê forma e incline a sola de tal modo que a parte interna e mais posterior da sola se aprofunde em direção ao centro das duas unhas. Por fim, nivele os tendões. 

Importante considerar que em cascos danificados, o procedimento deve ser diferente. Portanto, é preciso conhecimento e técnica para realizar o casqueamento em bovinos. 

Por que devo realizar o casqueamento no animal? 

Como na maioria das enfermidades, a melhor forma de manter um controle é por meio da prevenção. No caso dos touros, o casqueamento preventivo, pedilúvio, entre outras medidas, são formas de prevenir doenças e problemas futuros. O cuidado deve ser ainda maior nos períodos de chuva, quando se observa significativo aumento na incidência das doenças dos cascos. 

As afecções de casco em bovinos estão entre as principais enfermidades que acometem os rebanhos, sendo responsáveis por aproximadamente 60% das causas de claudicação em animais dessa espécie no Brasil. Questões envolvendo o casqueamento vêm ganhando ainda mais importância devido ao seu alto impacto sobre os gastos nas fazendas leiteiras, pois os problemas de glândula mamária e reprodutivos, estão entre as principais perdas econômicas. 

O diagnóstico de doenças causadas pelo casco é feito de forma clínica, por meio da inspeção dos dígitos e pelos sinais clínicos (que vão desde uma claudicação sutil até uma incapacidade de permanecer em estação ou de se locomover). 

Seja um especialista em casqueamento de touros

Manter os cuidados com a saúde do touro e fazer o manejo da forma correta, incluindo a realização do casqueamento, é fundamental para o rebanho, para a reprodução e para os lucros da propriedade. Entretanto, é preciso saber como fazer o casqueamento, usando técnicas suficientes e conhecer as doenças que podem atingir o casco do animal. 

Para isso, recomendamos se tornar um especialista em uma mão de obra ainda escassa no país. O Curso de Casqueamento Preventivo e Correção de Aprumos em Bovinos será um divisor de águas na sua carreira de agricultor ou produtor rural. 


Fontes: Giro do Boi, Ouro Fino Saúde Animal, Vet Profissional, Vet Profissional, Agrolink

Áreas

Artigos

Bovinos

Destaques

Pecuária

Saude animal

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2021 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.