Quando e por que aparar os cascos de bovinos?

Quando e por que aparar os cascos de bovinosManter o cuidado com os cascos de bovinos é uma das maneiras de evitar lesões que prejudicam o desempenho do animal. A produtividade e a conservação dos bovinos dependem de vários fatores. Quando os cuidados no manejo não são realizados de maneira correta, os proprietários podem perder seus animais e sofrer perdas econômicas. 

No caso do casqueamento, diversos fatores podem contribuir para o aparecimento de problemas. Distúrbios nutricionais, hereditariedade, falta de casqueamento preventivo ou o casqueamento feito de maneira errada são alguns dos principais, mas até a fase de lactação pode interferir. 

Para conhecer tudo sobre cascos de bovinos, saber qual o momento ideal para se fazer e porque aprimorar na área, convido você a continuar lendo este artigo para se tornar um profissional de referência em casqueamento. 

Quando e por que realizar o casqueamento de bovinos?

Normalmente, o tecido do casco cresce em média meio centímetro por mês. O crescimento excessivo pode ter diversas causas e deve ser observado. O corte periódico dos cascos é um fator importante para minimizar as chances de claudicações no rebanho. Com a mesma frequência é interessante fazer a limpeza do local. 

O momento ideal para realizar o procedimento é entre o final da lactação e o início do período mais seco. É nesta fase que o animal é levado para um local seco e separado do rebanho. Este fator contribui para a recuperação do casco. 

Cumprir essa regra é fundamental, pois quando o casqueamento é realizado em vacas em período de lactação, ele age retirando a camada mais resistente do casco deixando o animal mais suscetível a novas lesões.

O corte correto oferece vários benefícios preventivos, mas, além disso, assegura a distribuição do peso em todas as patas e reduz o perigo de que um casco receba uma carga excessiva e que se desenvolva úlcera na sola. Algumas doenças também podem ser evitadas, entre elas estão as lesões circunscritas, a doença da linha branca e a erosão de talão. 

O cuidado preventivo dos cascos de bovinos é fundamental para a saúde dos animais

Já sabemos que realizar um bom manejo é essencial para manter os cuidados com os animais. No caso dos bovinos, muitas enfermidades têm causas multifatoriais. As doenças que atingem o casco servem como exemplos.

Portanto, manter um planejamento preventivo que inclua uma dieta equilibrada e balanceada, oferecer conforto e bem-estar ao rebanho, bem como um ambiente limpo e apropriado, são diferenciais na hora de proteger a saúde de bovinos. 

Tão importante quanto prevenir é estar apto a auxiliar em situações que exigem tratamento. O uso de um tamanco na unha oposta àquela afetada pode ajudar os cascos de bovinos. O objetivo desse procedimento consiste em fazer um desnivelamento entre as unhas, evitando que a unha lesionada apoie no chão. 

Com o passar dos dias e o desgaste do tamanco em atrito com o solo, as unhas ficam rentes novamente. Esse tempo, propicia a recuperação da unha afetada. Porém, lembre-se de ter um profissional para fazer avaliações periódicas em todo o rebanho. 

Se você quer se tornar um especialista na área, oferecendo bons serviços, confira como você pode chegar lá: Curso de Casqueamento Preventivo e Correção de Aprumos em Bovinos

Fontes: Rehagro, Revista Hoard’s Dairyman, CPT Cursos Presenciais, Farmer.

Artigos

Bovinos

Destaques

Pecuária

Saude animal

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2021 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.