Cidade vence desmatamento com ajuda da integração Lavoura-Pecuária

A cidade de Paragominas, localizada no Pará, está conseguindo limpar seu nome que desde 2008 foi colocado na lista negra do desmatamento pelo MMA( Ministério do Meio Ambiente) em 2008. Por estar nesta lista, a cidade perdeu várias regalias, como o acesso a créditos, venda de gado restrito aos pecuaristas, graças aos frigoríficos e bancos que assinaram o Termo de Ajustamento de Conduta, no qual se comprometeram a só comprar carne e financiar projetos de propriedades que estivessem de acordo com a legislação ambiental. Neste contexto começaram a tomar atitudes para mudar a situação.

O Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas (SPRP) e a prefeitura do município se uniram para conscientizar os produtores sobre a importância da recuperação das áreas degradadas. Nascia aí o projeto Pecuária Verde, que selecionou seis fazendas para a implantação do projeto piloto. Para isso, contam com o apoio de especialistas da Esalq/USP e Unesp, além da ONG The Nature Conservancy e o Imazon para realizar o mapeamento das propriedades, além da parceria com o Fundo Vale, mantenedor do projeto. Um convênio recém-assinado entre o Fundo Vale e a Dow Agrosciences, possibilitará aos pecuaristas, receberem orientação técnica e também produtos como sementes e herbicidas.

Buscou-se o máximo de informações possível, sobre cada propriedade, apontando quais são as áreas aptas para pastagem e destacam as áreas inaptas para que sejam transformadas em novas áreas de preservação.

Além disso, dão a orientação para a reforma das pastagens, cuidados com o manejo e bem estar animal e orientam os funcionários no dia a dia da fazenda. Dessa maneira, as propriedades piloto já estão aumentando a produtividade por hectare e recuperando as áreas degradadas.

Além disso, o sindicato começou uma campanha para que os pecuaristas façam o Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Além dessas mudanças, a prefeitura também está investindo em aulas de educação ambiental, nas escolas, e no convênio com universidades, para que se instalem na região e ofereçam cursos ligados ao agronegócio e meio-ambiente.

 

Fonte: Sou Agro Adaptação: Revista Agropecuária    

Conheça o Curso de Curso de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (Sistema Barreirão)

    Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Fazenda vira modelo após implantar Integração Lavoura - Pecuária A chave para o sucesso da agricultura familiar, o uso do plantio direto e da ILPF Tire dinheiro da floresta, mas sem degradá-la    

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail:

Ecologia

Floresta

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.