Vale produzirá potássio em Sergipe

Com o intuito de diminuir a importação de fertilizantes, a multinacional Vale assinou contrato, arrendando usinas de potássio em Sergipe. A presidenta Dilma Rousseff disse, ontem (23), que é estratégico para o Brasil aumentar a produção de fertilizantes para reduzir a dependência externa, baratear custos e melhorar a competitividade da agricultura brasileira. A declaração foi feita em Rosário do Catete (SE).

"Fertilizante é algo crucial para nossa segurança alimentar, para a capacidade de abastecer nossa população, para assegurar que nossa agricultura continue competitiva e para baratear o custo da nossa produção. Um país que tem tecnologia para transformar carnalita em potássio não pode depender, como dependemos, de 90% da oferta de potássio de países do exterior", disse a presidenta.

O contrato entre a mineradora Vale e a Petrobrás, que detém os direitos de exploração da jazida, para uso da mina da carnalita, faz parte do plano de expansão da Vale na área de fertilizantes. O acerto entre as empresas permite a exploração, por 30 anos, das reservas de carnalita, minério do qual se extrai o cloreto de potássio.

      Fonte: Agência Brasil Adaptação: Revista Agropecuária    

Conheça o Curso de Recuperação de Áreas Degradadas - Manejo, Conservação e Fertilidade do Solo

 

 

 

Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Agrishow promete recorde de visitantes Prorrogado o prazo para as inscrições no XXII congresso brasileiro de fruticultura Cotações para o trigo mantém firme o preço      

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

 

Digite seu e-mail: 

Curiosidades

Destaques

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.