Criar ovelhas é vantajoso?

A criação de carneiros é uma rentável alternativa de negócio. O carneiro além de permitir uma estrutura de criação de baixo custo, oferece uma carne saborosa, rica em fibras e extremamente saudável para a alimentação humana. Essa criação possui ainda um alto valor de lucratividade, porque se aproveita o leite de ovelha, que é rico em fibras e com alto valor de mercado e também pode ser usado na fabricação de queijos, além de sua carne, que é bem mais cara que a do boi em valor de comercialização, e a sua lã, que também pode ser comercializada com excelente valor de mercado, uma vez que é retirada do animal apenas uma vez ao ano. Dessa forma, o lucro a ser obtido com essa criação é um excelente estímulo para se iniciar no empreendedorismo.

Além disso, os carneiros e ovelhas são animais que se alimentam de pasto, podem também ser educados a comer uma ração balanceada, mas não é preciso se preocupar quanto ao ganho de peso, que os criadores chamam de período de engorda, pois a partir dos quatro meses de idade, os carneiros tendem a se alimentar muito bem, bastando apenas que se coloque comida todos os dias.

Criar carneiros pode ser fácil se há um espaço disponível para tal. É preciso ter uma área para que os animais circulem de, no mínimo, 40 metros quadrados, podendo ter cobertura em apenas uma parte para que os animais se abriguem da chuva, ou montar uma estrutura semelhante a um estábulo sem portas. Para isso, o mais apropriado é implantá-la em regiões rurais ou em bairros não populosos como em chácaras, sítios ou fazendas, porque os carneiros necessitam de espaço e não reagem bem à muita circulação humana em seu habitat, podendo causar problemas com a vizinhança pelo barulho e pelo comportamento de uns com os outros.

A criação de carneiro também é vantajosa porque esse tipo de animal é relativamente dócil, não causa danos ao ambiente e suas fezes podem ainda ser usadas como adubo.

Em caso de se querer criar carneiros para obter lã, especificamente, além da carne, o ideal é que o ambiente tenha uma temperatura mais amena. As raças que produzem muita lã ficam melhor adaptadas em regiões mais altas e frias. As que possuem pouca lã ficam melhor vivendo em locais mais quentes e secos como nas regiões centro-oeste e nordeste. Para obter lã para a venda em grande quantidade, o recomendável são as raças puras como a merino, corriedale e romney march. Para quem quer criar uma raça par aproveitar o máximo da pele, a raça mais famosa voltada para este setor é a karakul. Todas resultam em boa carne para a venda.

 

 

 

Fonte: Novo Negócio

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

 

Conheça o Curso de Manejo Nutricional de Ovinos de Corte (Alimentos e Alimentação)

 

 

Veja outras  publicações na Revista Agropecuária:

Leite longa vida mais barato para o mercado Chuva beneficia pastagens para o gado no Rio Grande do Sul Mini cabras, um négocio lucrativo      

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail: 

Notícias

Ovinos

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.