Falta de cálcio no sangue coloca vacas em risco no pós-parto

A hipocalcemia é uma doença metabólica que pode resultar em morte. Muito comum no pós parto, a doença provoca a queda no teor de cálcio no sangue, fazendo com o que animal entre em depressão, provocando grandes alterações na concentração muscular. Segundo o médico Veterinário Enrico Lippi Ortolani, professor do departamento de clínica médica da Faculdade de Medicina Veterinparia e Zootecnia da Universidade de São Paulo, a hipocalcemia pode causar disfunções em uma séria de órgãos.

A incidência dessa doença é muito comum nos rebanhos brasileiros. Orltolani diz que em muitas propriedades, uma a cada três vacas apresentam a doença até o terceiro dia após o parto. Dessa forma, os produtores brasileiros precisam ficar atentos. Se a vaca não for devidamente tratada, 70% destas correm risco de morte. Quando a hipocalcemia ocorre logo após o parto, a cava apresenta um risco quatro vezes maior de retenção de placenta, e até seis vezes maior de apresentar um quadro de deslocamento do abomasco.

O produtor deve fazer um tratamento imediato com quantidades de cálcio no sangue, uma vez que o ponto central da doença é o baixo teor de cálcio no sangue. É importante aplicar doses de cálcio na veia do animal, e ter um veterinário responsável para aconselhar sobre a dosagem do cálcio, uma vez que casos de alta dosagem podem levar o animal à morte.

Como alternativa, existe a prevenção com determinados tipos de sais mineirais, como, por exemplo, o sal iônico, oferecido nos últimos dias pré parto, reduzindo a chance do animal apresentar tal enfermidade. O custo-benefício é alto, uma vez que o custo com a prevenção é baixo e bem menor caso o animal apresentasse a doença.

 

Fonte: Dia de Campo

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

 

 

 

Conheça o Curso de Exame Clínico Avançado em Bovinos!

        Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Lei Leite Legal impulsiona a ovino-caprinocultura e a criação de indústrias do setor Aditivo melhorador de desempenho é permitido para bovinos em confinamento Permitida a exportação de suínos e bovinos engordados com ractopamina      

 

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail: 

Bovinos

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.