Monitoramento da produção de leite

O monitoramento  é uma ferramenta que possibilita saber qual é como se comporta e quais as qualidades e defeitos da vaca que produz leite. Essa prática simples e tão importante como produzir leite de qualidade e em quantidade, porém, poucos pecuaristas a utiliza. Dos 2,6 mil filiados à Associação Brasileira de Criadores de Girolando, 440 produtores estão com dados atualizados.

No Triângulo Mineiro, no município de Conquista,  a fazenda Ma Sou Tao é referência na produção de leite. Não é famosa só pela quantidade, cerca de 6 mil litros de leite por dia, mas também pela qualidade do produto e dos animais. As 221 vacas em lactação são monitoradas 24 horas por dia. Um aparelho que fica amarrado na perna da vaca conta quantos passos ela dá por dia, avisa ao sensor da sala de ordenha quando o animal está entrando e manda para o computador todas as informações apuradas.

O painel eletrônico, da sala de ordenha, mede o fluxo do leite e o tempo que a vaca ficou no ambiente. Com tantos equipamentos, fazer o controle leiteiro diariamente é simples. Há mais de 20 anos a fazenda faz o controle da produção. As informações que foram sendo levantadas durante o período foram fundamentais para a formação do rebanho e a consolidação da marca da propriedade.

A técnica para fazer o controle leiteiro não exige muita modernidade, com um balde, uma pequena balança e muita disciplina já é possível de ser realizada. Depois da ordenha, o leite de cada uma das vacas é despejado no balde e pesado. As informações vão compor um banco de dados sobre aquele animal, que inclui data de parto, dias de lactação, média diária, desvio da média. A pesagem é feita todo mês.

Nas propriedades dos filiados da Girolando, o controle, para ser oficial precisa ser feito por um técnico da associação ou credenciado. Com os dados, o produtor tem informações atualizadas e fiéis sobre o rebanho, consegue avaliar como cada animal se comporta durante a lactação e pode programar a seleção do gado para aumentar ou manter a produção.

Fonte: Pecuária Rural

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

 

Conheça o Curso de Administração Técnica e Econômica da Atividade Leiteira

 

 

  Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Escala do boi gordo está heterogênea Falta de pastagem desvaloriza bezerro desmamado em MG Manejo Intensivo de Pastagem    

 

Artigos

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.