Produtores pedem paralisação na demarcação de terras indígenas

quaestão indiginaEm manifestações contra a demarcação de terras indígenas, produtores do Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia e Maranhão reuniram-se em Nova Alvorada do Sul - MS, a manifestação foi organizada pela Federação de Agricultura e Pecuária.

No manifesto que ocorreu pacificamente, os produtores tentaram conscientizar a sociedade e o poder público, que onde há justiça, há espaço para. Outra questões que eles debatem é que com as demarcações poderão ser criadas áreas indígenas em regiões de fronteira, o que facilitaria o tráfico de mercadorias e de pessoas não brasileiras nas áreas.

Existem fazendas que tentam resolver a questão da invasão a anos, os problemas causados trazem danos drásticos. As lideranças rurais dos estados com áreas em processo pressionam os governantes pela suspensão das demarcações da Fundação Nacional do Índio (Funai). Os ruralistas pedem também que a Portaria AGU 303/2012, seja revalidada e desejam também a aprovação da PEC 215/2000, que estabelece competência exclusiva do Congresso Nacional para aprovação de demarcação das terras indígenas.

Fonte: Rural Centro

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

Conheça o Curso de Desenvolvimento e Produção Sustentável da Agricultura Familiar em seu Município

Desenvolvimento e produção Sustentável agricultura famíliar em seu municipio

 

 

  Veja outras publicações da Revista Agropecuária:

Cotação do boi gordo tem queda em relação ao aumento salarial

Aumento da chuva retém boiada nos pastos

Doenças ocorridas no cultivares de soja

Ecologia

Economia Rural

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.