Necessidade de atendimento imediato a bovinos: o que fazer?

Os primeiros socorros aos bovinos são atendimentos que podem salvar o rebanho e evitar prejuízos ao produtor. Para isso, saber como agir no caso de intoxicação alimentar do animal e também no caso de o animal sofrer algum tipo de fratura nos membros, conhecer técnicas de imobilização do membro fraturado do animal, saber como proceder em caso de um parto com complicações e também saber como aliviar a dor dos bovinos que estejam sofrendo de intoxicação, até que um veterinário possa fazer o atendimento, são motivos para que os peões das fazendas sejam preparados para lidar com tais situações.

Segundo Otávio Diniz, médico veterinário, conhecer a causa e saber avaliar os problemas com bovinos são habilidades essencialmente necessárias à pessoa que realiza os primeiros socorros. Alguns traumatismos como cortes superficiais ou profundos, pancadas, hemorragias, doenças metabólicas são os principais situações que necessitam de atendimento imediato. Por isso, os peões das fazendas precisam saber como agir no trato desses animais, em casos de emergência. Seguem algumas dicas de atendimentos emergenciais que eles precisam ter conhecimento.

Em caso de o gado apresentar sangramento forte, um curativo oclusivo deve ser colocado e mantido sob pressão, para diminuir a hemorragia, que deve ser evitada a todo custo. Em quadros hemorrágicos, a primeira medida é sempre estancar o sangramento, utilizando gaze ou panos limpos, gelo e água fria em abundância. Nunca utilizar produtos como açúcar, pó de café ou outros. Isso só suja o ferimento e dificulta o trabalho posterior. A sutura, da mesma forma, é a única forma de controlar sangramento.

Já em caso de perfuração do abdômen, as vísceras devem ser preservadas do contato com o solo e até das mãos. O risco de ocorrer uma peritonite é grande, por isso, deve-se ter cuidado, evitando a contaminação.

Em se tratando de doenças metabólicas, em que os casos mais comuns são em consequência de intoxicações por ervas, plantas tóxicas, envenenamentos diversos, uréia e outros, e, na maioria das vezes, causam acúmulo de gases no rúmen que, se instalado, pode levar à morte em pouco tempo, o vinagre caseiro é o melhor remédio e o que salva animais da intoxicação.

Em caso de quadros hemorrágicos, por ocasião de intoxicações, as quais podem existir em decorrência da ação de venenos de cobras ou raticidas, o tratamento imediato deve ser feito com antídotos específicos, como Vitamina K ou soro antiofídico.

Quando se tratar de partos difíceis, uma ajuda imediata pode definir a sobrevivência da vaca e de sua cria. Nesse caso, o ato de puxar o bezerro, às vezes necessário, deve ser feito com cautela e nunca feito por mais de dois homens. Outro ponto auxiliar no comando é a lubrificação das partes moles. Medicamentos podem ser utilizados para produzir ou eliminar contrações, mas sempre utilizados com critério. Um feto mal posicionado pode complicar o parto se não corrigida a sua apresentação.

Todas essas atitudes devem ser de adotadas em caso de emergência e dependendo da gravidade do quadro, o mais recomendável é chamar o veterinário que poderá definir o tratamento mais apropriado.

 

 

Saiba como realizar os primeiros socorros em bovinos. Confira!

O que fazer em caso de picada de cobras em bovinos? Saiba mais.

Passo a passo para o atendimento de emergência em bovinos. Clique aqui.

 

 

Fonte: Bicho Online

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

Conheça o Curso de Primeiros Socorros em Bovinos

 

Bovinos

Destaques

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.