Compost barn: conheça esse sistema que alia bem-estar e produtividade

O avanço das tecnologias e do mercado alcança todos os setores da economia, inclusive áreas mais tradicionais como a pecuária leiteira. Esses avanços vêm, primeiramente, buscando melhorar a produtividade do rebanho, mas, num segundo momento, buscam também garantir o bem-estar animal. E isso tudo se dá, principalmente, porque pesquisadores do setor de alimentos passam a estudar a relação do desconforto e estresse animal com a produtividade do mesmo e a qualidade do produto final. Nesse cenário, o compost barn, ganha espaço nas criações de gado de leite do Brasil.

Esse tipo de sistema de criação por confinamento, é largamente apontado como aliado na produção ao mesmo tempo que promove o conforto e a saúde do gado de leite. Contudo, para que o sucesso com esse sistema seja alcançado, e a balança financeira da implantação esteja positiva, é preciso que o produtor esteja atento à alguns detalhes.

Neste artigo vamos nos aprofundar um pouco mais no compost barn, conhecendo seus benefícios, bem como oferecendo dicas para que deseja ter sucesso com esse modelo de confinamento do gado de leite. Confira!

O que é o compost barn?

O compost barn é um sistema de criação de gado de leite confinado que aparece como alternativa ao loose housing. Aqui, os animais ficam em um galpão que permite que as vacas possam caminhar, se exercitar e descansar de forma mais natural e livre. Ou seja, neste modelo o pecuarista visa obter uma maior produtividade por meio do bem-estar do rebanho. 

Neste galpão existem duas grandes áreas, uma grande área de cama, comum a todos os animais também chamada de área de descanso, e um corredor de alimentação, ou cocho. Esses espaços são separados, normalmente, por um beiral de concreto. Nesse sistema, a cama é forrada com maravalha ou serragem.

O grande diferencial do compost barn está na cama que, como o nome em inglês sugere, é uma grande composteira. Nela o material de forragem somado aos dejetos dos animais, servem como matéria de compostagem, produzindo um material que é utilizado como adubo nas culturas. A cama oferece aos animais conforto, uma vez que o professor de fermentação da matéria orgânica gera calor e, num compost barn bem feito, a compostagem evita o mau cheiro do ambiente além de promover a limpeza do espaço.

Para o sucesso no compost barn, a cama deve ser mexida e coberta com novo material, serragem ou maravalha, regularmente. Assim, as condições necessárias para a fermentação se mantém, garantindo o conforto térmico dos animais, a secagem da matéria orgânica e o combate ao surgimento de fungos e bactérias indesejáveis. Ou seja, com o cuidado certo a própria cama inibe o aparecimento de microorganismos causadores e doenças, auxiliando na manutenção da sanidade do rebanho.

Benefícios do compost barn

Como vimos anteriormente, o compost barn oferece, de forma simples, conforto e proteção aos animais. E são essas condições que, dentro da produção leiteira, favorecem a melhor produtividade. Isso se dá uma vez que vacas saudáveis produzem maior quantidade de leite, sem contaminantes, sofrem menos risco de doenças como mastite e produzem um leite de melhor qualidade.

E essa é apenas a superfície dos benefícios do compost barn. Apesar de requerer certos cuidados regulares com as estruturas, este sistema é capaz de oferecer um bom retorno financeiro ao pecuarista. A seguir, listamos os principais benefícios de adotar esse sistema de confinamento de gado de leite:

  • Diminuição da incidência de problemas no casco: o espaço disponível e o piso, mais macio que o concreto, oferecem um menor desgaste do casco das vacas;

  • Melhoria nos índices de reprodução: a melhor sanidade do espaço, e até mesmo o casco mais saudável, garante uma maior facilidade das vacas na manifestação de estros e detecção de cio;

  • Leite com melhor qualidade: como o próprio ambiente previne o aparecimento de certas doenças, a redução de CCS e de mastite, garante aos animais um melhor sistema imunológico e, portanto, um produto sem contaminações;

  • Redução de custos com dejetos: nesse sistema, como há a compostagem da matéria orgânica dos dejetos, há redução nos gastos de mão de obra para descarte e armazenagem desse material;

Outros benefícios envolvem ainda os custo de instalação. O compost barn, quando comparado a outros sistemas de gado de leite confinado, apresenta menor custo de instalação para o produtor.

Dicas rápidas para implantação do compost barn

Agora que já especificamos o que é e o que o compost barn tem para oferecer, separamos algumas dicas básicas para o pecuarista que quer implantar esse sistema para o rebanho. São ações simples que vão permitir a manutenção correta das estruturas e auxiliar a melhorar, ainda mais, a qualidade da produção. 

  • Cada animal deve ter disponível, pelo menos, 10m²;

  • O manejo da cama deve ser feito de forma a manter os níveis desejados de carbono e nitrogênio, e o segredo está em sua temperatura. A cama estar constantemente quente é indicador da fermentação aeróbica da matéria orgânica acontecendo como deveria;

  • O revolvimento da cama deve ser feito, pelo menos, duas vezes ao dia e, preferencialmente, no momento em que os animais não estejam no espaço;

  • Ter uma ventilação adequada no espaço é essencial para o conforto térmico e redução da umidade da cama;

  • É preciso que uma nova camada fina da cama seja colocada, pelo menos, a cada 15 dias e que, entre 7 e 12 meses, seja realizada uma troca completa do material;

  • Os dejetos do corredor de alimentação precisam ser retirados já que este está fora da área da cama;

Por fim, a respeito do compost barn, é válido ressaltar que antes da implantação de qualquer sistema de criação para o rebanho é preciso que o produtor esteja capacitado para entender sua viabilidade. Buscar capacitação e auxílio profissional especializado é investimento bastante válido antes de investir uma quantia na implantação de um sistema que pode não se enquadrar na propriedade.

Contudo, com conhecimento, planejamento e profissionais experientes é possível sempre adaptar o sistema às condições do rebanho e da fazenda. Dessa forma se garante lucratividade e boa produção.

Se você trabalha com pecuária leiteira e quer entender mais sobre compost barn clique aqui e CONHEÇA A SEMANA DO GADO DE LEITE!

Fonte: Revista Leite Integral e Compre Rural

gado de leite

Artigos

Bovinos de Leite

Destaques

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.