Boi fechou mês de maio em baixa. Confira!

bois gordosNo mês de maio o preço do boi gordo recuou. Em São Paulo o indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa terminou em R$ 98,28, com queda de 1% no acumulado do período, ficando a média mensal, de R$ 97,91, foi 2% abaixo da média registrada em abril.

A oferta para animais de abate foi baixa no início do mês, aumentando nas semanas seguintes, devido à degradação dos pastos com tempo mais frio pressionando a cotação da arroba. As baixas no estado de São Paulo se deu devido a compra de animais em outros estados, onde os preços eram menores.

Os valores concretizados nas negociações em valores acima da média e também distantes dos mínimos impediram quedas maiores, nesses casos, agentes atribuíram os valores maiores às especificações dos lotes, em termos de qualidade e também de volume.

A carcaça do boi teve desvalorização de 1,57%, com média mensal de R$ 6,30 o quilo, 3% inferior ao mês de abril. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior, em relação às exportações, o Brasil embarcou 91,6 mil toneladas de carne in natura em maio, 3,8% abaixo da quantidade de abril (de 95,2 mil toneladas).

Já para o mercado de reposição, o que influenciou o ritmo fraco dos negócios foi a campanha de vacinação contra febre aftosa.

Fonte: CPT Cursos Presenciais

Adaptação: Revista Agropecuária

 

Conheça o Curso de Manejo Nutricional de Gado de Corte (Alimentos e Alimentação)

manejo nutricional gado de corte2

 

 

  Veja outras publicações da Revista Agropecuária:

Cotação do boi gordo tem queda em relação ao aumento salarial

Aumento da chuva retém boiada nos pastos

Doenças ocorridas no cultivares de soja

Bovinos

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.