Gestão para pecuária leiteira: dicas para administração de processos e finanças!

Gestão para pecuária leiteira dicas para administração de processos e finanças

Sabemos que a produção de leite no país apresenta alguns desafios para o produtor, que sempre está em busca de soluções para melhorar sua lucratividade. Mesmo com a realidade dura do mercado, vemos muitos pecuaristas focando em fatores fora de seu controle, como preços praticados ou impacto do dólar no mercado interno. Não é  que estes pontos não sejam relevantes, mas é importante que o produtor se atenha ao que está a seu controle para estar pronto diante dessas variações. Assim, entender a boa gestão para pecuária leiteira é fundamental para essa mudança de pensamento.

O primeiro ponto para essa nova visão é enxergar a propriedade como um negócio rural. Com essa mudança de mentalidade, o produtor é capaz de entender a importância de se posicionar como um gestor, analisando de forma mais objetiva os processos e finanças. Contudo, é compreensível que a mudança de atitude nem sempre vem naturalmente, por isso separamos 5 dicas exclusivas sobre gestão para pecuária leiteira. Confira!

#1 Tenha um bom planejamento

Uma boa administração começa com um planejamento bem traçado, por isso na gestão para pecuária leiteira não é  diferente. É importante que o produtor busque conhecer sua propriedade de forma objetiva, traçando vantagens e desvantagens dos processos adotados. Outro ponto crucial, é compreender como os principais fatores que afetam os resultados da pecuária leiteira estão presentes na propriedade. De forma breve, esses fatores são:

  • Genética do rebanho;

  • Nutrição;

  • Sanidade;

  • Reprodução.

Dessa forma, é possível traçar um caminho mais claro com objetivos, metas e ações. estabelecendo relação entre processos e finanças. Entender como funciona essa relação para a sua propriedade é essencial para a análise dos dados gerados. Algumas formas de entender melhor como elaborar um bom planejamento de negócio para a seu negócio leiteiro são: 

  • Capacitação: assumir o papel de gestor não é tarefa simples, e por isso é importante buscar se capacitar para que desempenhar as funções administrativas de forma correta e eficiente;

  • Benchmark: esse termo pode parecer complicado, mas significa apenas troca de informações entre concorrentes e parceiros. Acione sua rede de contatos, busque informações de outros produtores da região, realize uma pesquisa, converse. Essa troca permite maior clareza no momento de realizar seu planejamento;

  • Contratação de um especialista: existem pessoas e empresas especializadas na gestão no campo e podem oferecer seus serviços na elaboração de um planejamento para a sua propriedade. Contudo, caso o serviço envolva apenas a elaboração do plano, é importante que você esteja capacitado para executá-lo.

#2 Gestão de recursos é fundamental

No momento de se planejar é importante conhecer os recursos essenciais para o funcionamento da sua propriedade. Nesse ponto da gestão para pecuária leiteira é importante considerar tudo que está envolvido na execução dos processos. Desde insumos, infraestrutura, até a mão de obra. 

Para o sucesso na criação de gado de leite, o sistema de produção escolhido é chave para entender e gerir esses fatores. É determinante considerar eficiência das estruturas no sistema aplicado na sua propriedade, uma vez que o manejo nutricional está intrinsecamente ligado a elas. As ações de rotina podem ser facilitadas ou prejudicadas pela disposição, localização ou condição atual das estruturas utilizadas. 

Outro ponto da gestão de recursos está ligado à alimentação do rebanho. Na gestão para pecuária leiteira, é importante que o produtor considere os custos de alimentação e otimize o manejo nutricional de modo a torná-lo o mais eficiente possível. Assim, a nutrição dos animais deve considerar os fatores que afetam a produtividade e as metas estabelecidas, levando em conta o que já está disponível na propriedade e os insumos mais disponíveis na região.

#3 Dados são a base do sucesso

A base da administração está na tomada de decisões, entendendo o que, como e quando realizar certas ações para atingir objetivos propostos. Assim, na gestão para pecuária leiteira, como em toda a administração, tomar essas decisões de forma fundamentada é essencial para alcançar o sucesso.

Dessa forma, é imprescindível que o produtor colete os dados da sua produção leiteira para alimentar os registros e relatórios da propriedade. É com base nele que serão feitas análises de desempenho de processos para que decisões futuras sejam tomadas. Sem esse registro, não há documentação do que está sendo realizado e, em tempos de crise por exemplo, é difícil entender quais ações e processos alterar para evitar prejuízos.

Esses dados são a essenciais também em momentos de prosperidade. Por meio de análises de desempenho é possível saber o momento de crescer, enxergar oportunidades de mercado e enxugar gastos, melhorando a margem de lucro.

Os dados coletados podem ser tratados de diversas formas, seja por meio de um representante terceirizado (consultor, gestor externo, software de gestão) ou tratados de forma interna, em planilhas estabelecidas pelo próprios responsáveis pela propriedade. O importante é que sejam preenchidos de maneira correta, para evitar surpresas ao longo do caminho.

Assim a equipe precisa estar treinada para coletar e interpretar essas informações, além de estar alinhada e conhecendo o planejamento elaborado para entender e reconhecer a importância desses dados.

#4 Conheça suas finanças

Não há administração sem gestão de finanças. Com essa noção estabelecida, é preciso que o pecuarista de leite compreenda o estado atual das finanças da sua propriedade para que o planejamento seja elaborado de forma realista. Assim, é importante estabelecer quais são os custos, quais são gastos e quais são investimentos, e quais são as fontes de receita da propriedade. 

Possua um controle do fluxo do caixa da fazenda, e estabeleça um orçamento anual para o próximo ano com base no ano vigente e em suas metas futuras. Na boa gestão para pecuária de leite, o financeiro precisa estar em boas condições uma vez que ele é base para diversas tomadas de decisão.

Assim, é importante que o gestor esteja as ações sempre em dia:

  • Realize uma análise de orçamento periódica;

  • Conheça bem os custos;

  • Mantenha um fluxo de caixa da propriedade sempre organizado;

#5 Esteja capacitado para gerir a propriedade

Depois de todas essas dicas, é importante frisar um ponto que destacamos lá na dica 1: o responsável precisa estar capacitado para realizar uma boa gestão. Sem o conhecimento necessário de administração e liderança, todo o planejamento, execução, treinamento e preparação da equipe ficam comprometidos. Na gestão para pecuária leiteira, assim como de qualquer negócio, é essencial um gestor que passe confiança e saiba tomar decisões.

Saber interpretar os dados da propriedade, requer não apenas um bom conhecimento da sua produção, mas também do cenário da pecuária leiteira combinado com experiência administrativa. Dessa forma é possível prever resultados, determinar ações e criar um planejamento eficiente.

Quer se capacitar e se tornar um gestor modelo dentro da pecuária leiteira? CLIQUE AQUI e aprenda na prática!

Fontes: Compre Rural e IEPEC

Áreas

Artigos

Bovinos de Leite

Destaques

Economia Rural

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.