Plantar sorgo com clima seco é a onda da vez

As vantagens do sorgo sobre o milho aumentam quando o clima fica seco. Tanto os grãos quanto a massa verde, colhidos mesmo quando não chove por mais de dois meses, podem ser usados na alimentação animal. Em condições climáticas favoráveis, chega-se a colher 4 toneladas de grãos ou até 100 toneladas de massa verde por hectare, no Paraná. No trato e no desenvolvimento, a planta também é menos exigente. Pode ser cultivada em solos menos férteis e com menos insumos que o milho.

A Embrapa vem pesquisando, também, as propriedades do sorgo sacarino - uma das quatro variedades básicas - na produção de etanol. A indústria de combustível tende a ser a mola propulsora da produção, mesmo em regiões mais frias. Testes vêm sendo realizados no Centro-Oeste e no Rio Grande do Sul. O rendimento em litros de álcool ainda está longe de atingir o da cana. Mas a vantagem é a época da colheita, janeiro a abril - entressafra dos canaviais, aponta a Embrapa. Os resultados da pesquisa devem ser confirmados no próximo ano.

  Fonte: Gazeta do Povo Adaptação: Revista Agropecuária    

Conheça o Curso de Plantio de Milho no Sistema de Plantio Direto

  Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Milheto ANM17 na produção leiteira Controle de plantas daninhas em pastagens Integração lavoura pecuária floresta e sistema de plantio direto - tema de diversificação no meio rural

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail:

Artigos

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.